A alegria do cooperador é ver as coisas acontecerem.

Ao nos debruçar na carta do apóstolo Paulo aos Filipenses, podemos o ver dizer que Epafrodito era seu cooperador e companheiro . Cooperador é aquela pessoa que serve onde for necessário, que está sempre disponível. Que trabalha sem que haja necessidade de “holofotes”, de algum benefício próprio. A alegria do cooperador é ver as coisas acontecerem. E o Apóstolo Paulo afirma que assim era Epafrodito.

“Julguei, todavia, necessário mandar até vós a Epafrodito, por um lado meu irmão, cooperador e companheiro; e, amigo de lutas; […]” {Filipenses 2:25}

Analisando o versículo, vemos Paulo destacar 4 características a respeito de Epafrodito.

1º Meu irmão – eu não sei você, mas quando penso em um irmão penso em alguém chegado, que compartilha a vida conosco. Uma pessoa que nos orgulha!

2º Cooperador e companheiro – que pega junto em tudo! Que está sempre presente! Que nos é alívio!

3º Amigo de lutas – que está até quando a situação não é tão favorável. Que sabe chorar com os que choram, e alegrar-se com os que se alegram. (Romanos 12:15). Que é Leal! Verdadeiro! O amigo tudo conhece, ele sabe das nossas lutas e é capaz de nos ajudar a enfrentá-las. Jesus nos chamou de amigos. (João 15:15)

Ao observarmos o contexto da carta, é esclarecido que o apóstolo Paulo estava preso e necessitava de alguns recursos na prisão em Roma. Os irmãos têm conhecimento disso , e lembrando do seu líder, pensam e dispõem-se a levantar recursos. Mas quem faria com que chegasse a Paulo? Quem viajaria e o encontraria em Roma? Quem prestaria esse socorro? Epafrodito voluntariamente se dispõe. Segue viagem, adoece gravemente, chegando quase a morte, todavia não deixa de cumprir sua missão, seu coração leal e amável não considerava sua vida por preciosa, mas se arriscava em prol do Reino.

“[…]visto que, por causa da obra de Cristo, chegou ele às portas da morte e se dispôs a dar a própria vida, para suprir a vossa carência de socorro para comigo”. {Filipenses 2:30/ARA}

Que atitude grandiosa! Epafrodito não considerou sua vida por preciosa, mas buscou auxiliar, honrar a vida do seu líder, por amor a Cristo!!

Como precisamos de Epafroditos nos dias de hoje! Que em nossas igrejas, se levantem os Epafroditos. Verdadeiros cooperadores. Ministros de socorros genuínos. Pessoas leais, que andam em amor Ágape, o tipo de amor sacrificial que não busca os próprios interesses (1Coríntios 13:5).

Homens e mulheres compromissados com a Causa de Cristo. Que se doam por amor! Com corações devotos. Gente que não considera sua vida por preciosa, como fazia o apóstolo Paulo e tantos outros… gente que não busca os interesses desse mundo, e até mesmo os próprios, dantes dão a primazia ao Evangelho de Cristo. Gente que serve, que socorre. Gente que é mão que levanta, que sustenta , que faz o Reino avançar!

Precisamos de pessoas com a mentalidade e a atitude de Epafrodito: de honra, de serviço, de doação, de humilde, voluntariedade e amabilidade. E existe uma boa notícia a quem cultiva e desenvolve isso. A boa notícia é que se você pensa e age como esse homem de Deus, como Epafrodito, tão doador, disponível a servir, entregue, e cheio de amor e honra ao Senhor, colherá honra!! Pois como disse o admirável apóstolo Paulo:

” […] honrai sempre a homens como esse!” {Filipenses 2:29}

Que se levantem os Epafroditos nessa geração!

Por ADIcoaraci

Autor do Post: administrador